Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de julho de 2014

Como evitar e acabar com as traças

Você sabia que roupas, livros, mantimentos e tecidos é o prato preferido das temíveis traças? As traças são insetos que praticamente são inofensivos ao ser humano, mas podem fazer grandes estragos em peças de vestuário, e dar dor de cabeça em tê-las em casa. Para não correr o risco, siga estas dicas para acabar com elas:




1- As traças adoram umidade e sujeira, por isso remova com frequência a poeira dos móveis, estantes, quadros, cortinas, rodapés e tapetes.

2- Evite acumular papéis, jornais, revistas e roupas velhas. Guarde-os em locais protegidos e submetidos à limpeza constante. Se não for possível descartar estes itens, mantenha-os em local limpo e com boa ventilação.

3- Vistorie sempre que possível gaveta e móveis onde estejam guardados tecidos, roupas de cama e roupas de lã.

4- Limpe dentro dos armários e gavetas pelo menos a cada 15 dias passando um pano com vinagre branco. Deixe secar muito bem antes de guardar os itens.

5- Não guarde roupa suja e úmida.

6- Guarde cereais, massas e outros mantimentos em recipientes fechados.

7- Quando for limpar a casa, conte com a ajuda de um aspirador de pó.

8- Elimine pontos de umidade e vazamentos (encanamento) e possíveis abrigos (cantinhos, frestas).


Formas caseiras de combater



Naftalina funciona muito bem, mas eu particularmente não gosto (acho o cheiro desagradável).

Ramo de louro é ótimo, e não deixa cheiro. Coloque uma folha de louro dentro dos potes de mantimentos.

Feixes de salsa, tomilho, hortelã e alfazema afugentam esses insetos.

Bolas de cedro perto do lixo eliminam o mau cheiro e afastam os insetos. As bolas de cedro também funcionam super bem dentro do armário. Você poderá encontra-las em sites que vendem produtos de organização, como: Tudo Organizado, Confort Online e OZ Organize.

Para espantar as traças, espalhe pelos armários e gavetas um pouco de pimenta-do-reino em grão ou cravo.


Bolas de cedro





Sachês

Você pode fazer saches para as gavetas e armário contendo lavanda, raspas de cedro ou cravo, até mesmo cascas de laranja. Coloque-os dentro de saquinhos de organza, tule ou de chá. Troque regularmente os saches, para continuar mantendo as traças bem longe.



Bjinhos e até a próxima

Rafaela

Visto em: http://www.organizesemfrescuras.com/2013/10/como-evitar-e-acabar-com-as-tracas.html.





Visite nossos blogs associados: 

   
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

terça-feira, 8 de julho de 2014

Última Ave-Maria, último suspiro!

Teríamos nós a graça de termos o tempo de rezar todas as ave-marias de que somos devedores? 


Achava-se num asilo de velhos um antigo soldado que, apesar de sua vida de caserna e acampamento, se conservava dócil e acessível às verdades religiosas.

Um sacerdote, que o visitava com frequência, falou-lhe da devoção do Rosário e ensinou-lhe o modo de rezá-lo.

Deu-lhe a Irmã um Rosário e o velho militar achou tamanho consolo em rezá-lo, que sentia muito não o ter conhecido antes, dizendo que o teria rezado todos os dias.

-Irmã. (perguntou um dia), quantos dias há em sessenta anos?

-21.900 dias.

-Irmã, e quantos Rosários teria eu que rezar cada dia para, em três anos, chegar a esse número?

-20 cada dia, disse-lhe a Irmã.

Daí em diante, viam-no, dia e noite, com o Rosário na mão.

Após três anos de sofrimentos, suportados com grande paciência, chegou ao seu último Rosário.

Ali o esperava a morte, pois não viveu nem um dia nem uma hora mais. Ao terminar a última Ave-Maria, deu o último suspiro, entregou sua alma a Deus.

Fonte: http://vashonorabile.blogspot.com.br/2014/06/ultima-ave-maria-ultimo-suspiro.html.





Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

terça-feira, 1 de julho de 2014

MULHER FORTE E AS DESPESAS

"Analisou um campo e comprou-o; e plantou a vinha com o fruto do seu trabalho"



Consideravit agrum, et emit eum:
de fructu manuum suarum plantavit vineam.

Analisou um campo e comprou-o;
e plantou a vinha com o fruto do seu trabalho.
(Prov. XXXI, 16)


“A mulher forte madruga, e distribui o alimento e o trabalho aos seus domésticos”. 


MULHER FORTE E AS DESPESAS



.
A vigilância dos criados é uma das suas principais ocupações, e para que tal vigilância seja séria a ativa, entrega-se a ela logo pela manhã; é a primeira, ou, pelo menos, uma das primeiras a levantar-se em casa, porque o seu exemplo é a melhor das predicas e o mais eficaz conselheiro.

Semelhante ao sol, ela anuncia o recomeço do trabalho no interior da sua casa, ilumina tudo com a sua presença, aquece os caracteres mais indiferentes, excita as naturezas mais apáticas, e nada pode subtrair-se a sua salutar influência: Nec est qui se abscondat a calore ejus. (Ps., XVIII,7)

Esta vigilância aos criados deve ser cheia de razão, de sabedoria e verdadeira afeição, pois a mulher forte deve lembrar-se que os seus domésticos pertencem a natureza humana, que são nossos irmãos em Jesus Cristo, e que têm direito a ser tratados com o respeito que reclama a sua qualidade de homens e de cristãos.

Ela faz de toda a sua casa uma verdadeira família, cujos membros estão situados em diversos graus da escala, mas onde todos participam da vida comum. Cada um tem o seu lugar, e é esta variedade na hierarquia, que produz a ordem e a beleza.

Resurrexit, sicut dixit, Alleluia!

Resurrexit, sicut dixit, Alleluia!