Assine para receber os posts em sua caixa de e-mails

INFORME SEU E-MAIL AQUI:

Delivered by FeedBurner

Pesquisar este blog

segunda-feira, 31 de julho de 2017

"Muitas almas se perdem por causa da nossa timidez".




"Acaso o demônio é tímido quando trabalha para perder as almas? Ele tem uma audácia encarniçada.

Compete a nós tomarmos a nossa coragem com ambas as mãos, é assim que devemos tomá-la.

Ensaiai, começai, sem dúvida o primeiro passo vos custará, mas que alegria vos está reservada! Se soubésseis!

Sim, tende a audácia do bem, como os maus têm a audácia do mal. 

Para propagarem a sua doutrina, para difundirem os seus erros, eles não recuam diante de colisa alguma. E vós, haveríeis de estacar, tímida e receosa?


Mas então não tendes Fé? Não tendes arrojo no coração? Não esqueçais tampouco esta palavra terrível de Mons. Gay: "Muitas almas se perdem por causa da nossa timidez".

Ah! Não vos atreveis? 

Mas que é então que se vos pede?... 


  • Rezar, 
  • dar um conselho, 
  • ser bom exemplo vivo, 
  • sofrer um pouco pelas almas, 
  • falar às vezes, 
  • às vezes também calar-vos. 


Na verdade, então, tudo isso é tão dificil assim?"


Excerto do livro recomendadíssimo: "Formação da Donzela"
Pe. José Baetman


sexta-feira, 28 de julho de 2017

Nas tentações





"Quando fordes tentados, não espereis que a tentação se apodere de vosso coração, mas fazei logo uma coisa para livrar-vos dela, ou pelo trabalho ou pela oração.

E se a tentação continuar, fazei o sinal da cruz, beijai algum objeto, bento dizendo: Maria, auxílio dos cristãos, rogai por mim; ou então: São Luis, fazei com que não ofenda o meu Deus

Indico-vos este santo (São Luís Gonzaga), porque foi proposto pela Igreja como padroeiro especial e modelo da juventude.

Ele, com efeito, para vencer as tentações, fugia de todas as ocasiões; jejuava frequentemente a pão e água, açoitava-se de tal forma que as roupas, as paredes e o chão ficavam salpicados de seu sangue inocente.

Foi assim que são Luis obteve uma completa vitória sobre todas as tentações. Assim a obtereis também vós, se procurardes imitá-lo ao menos na mortificação dos sentidos, especialmente na modéstia, e se vos encomendardes de coração a ele quando fordes tentados."


Excerto do “O Jovem Instruído”

São João Bosco


 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Das leituras espirituais.





"Além das costumadas orações de manhã e da noite, peço-vos que destineis também um pouco de tempo à leitura de algum livro, que trate de coisas espirituais, como o livro da Imitação de Cristo, A Filotéia de São Francisco de Sales, A preparação para a Morte de Santo Afonso Maria de Ligório, Jesus ao coração do Jovem, as vidas dos santos e outros semelhantes.

Da leitura de tais livros tirareis grandes vantagens para a vossa alma.

E se repetirdes aos outros o que lerdes ou então se lerdes em presença deles, especialmente dos que não souberem ler, fareis uma obra de caridade muito meritória perante Deus."



Excerto do “O Jovem Instruído”

São João Bosco



 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

A alegria no serviço de Deus



"Mas dirão alguns: se começamos agora a servir a Deus, tornaremos tristonhos.

Respondo-vos que isso não é verdade.

Andará triste quem serve ao demônio, pois que, por mais que se esforce para estar alegre, terá sempre o coração a lhe segredar entre lágrimas: És infeliz, porque és inimigo do teu Deus.

Quem mais afável e jovial que São Luís Gonzaga?

Quem mais alegre e gracioso do que São Felipe Néri e São Vicente de Paulo?

E contudo, a vida deles foi um contínuo exercício de todas as virtudes.

Ânimo pois, meus caros filhos; dedicai-vos em tempo á virtude e eu vos garanto que tereis sempre o coração alegre e contente e experimentareis quanto é doce e agradável o serviço do Senhor."


Excerto de “O Jovem Instruído”
 São João Bosco



 
 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

A mortificação cristã






"A mortificação cristã tem por fim neutralizar as influências malignas que o pecado original ainda exerce nas nossas almas, inclusive depois que o batismo as regenerou. 

Nossa regeneração em Cristo, ainda que anulou completamente o pecado em nós, nos deixa sem embargo muito longe da retidão e da paz originais. 

O Concílio de Trento reconhece que a concupiscência, ou seja, o triplo apetite da carne, dos olhos e do orgulho, se deixa sentir em nós, inclusive depois do batismo, afim de excitar-nos às gloriosas lutas da vida cristã (Conc. Trid., Sess. 5, Decretum de pecc. orig.).

Em geral, saiba negar à natureza o que pede sem necessidade. Saiba fazer-lhe dar o que ela nega sem razão. Seus progressos na virtude, disse o autor da Imitação de Cristo, serão proporcionais à violência que saiba fazer-se.



Quisera Deus que pudéssemos aplicar-nos com pleno direito as seguintes palavras de São Paulo: “Em todas as coisas sofremos a tribulação… Trazemos sempre em nosso corpo a morte de Jesus, afim de que a vida de Jesus se manifeste também em nossos corpos (2 Cor. 4, 10)".


Excerto do Artigo “La mortificación cristiana” 
Cardeal Desidério José Mercier (1851-1926) 


 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

terça-feira, 18 de julho de 2017

O que a mulher deve fazer pela religião.




"Se se quisesse revolver a História, ver-se-ia que no começo de todas as grandes épocas religiosas paira uma forma misteriosa, quase celeste, sob a figura de uma santa!

Foi Santa Helena quem, ao sair das catacumbas, deu ao antigo mundo romano a cruz por ela encontrada.

Foi Santa Clotilde quem a depositou no berço do mundo moderno e quem, convertendo o seu "orgulhoso Sicambro", trouxe a Gália à Fé.

Foi Santa Genovena quem salvou Paris, e quiçá a França.

Foi Santa Mônica que nos deu Santo Agostinho (suas ações e orações obtiveram a conversão de tão grande santo).

Foi Santa Joana d'Arc, pequena pastorinha das lindes da Lorena, quem "botou para fora" o invasor e salvou seu país!

Foram Santa Hildegarda, Santa Catarina de Sena e Santa Teresa que, muito melhor do que a maioria dos doutores de seu tempo, nos conservaram a tradição de uma filosofia sã e vivificadora.

E assim por diante, através das idades!

Voltaire, a quem esse fenômeno admirou, foi obrigado a confessar que "metade da Europa deve às mulheres o seu cristianismo".

E vós, "Filha de Deus", haveríeis de crer que nada podeis fazer, e que não tendes de defender essa religião que tão bem vos defendeu?

Deveis, pois, ser fiel a esse primeiro dever de pregar a verdade fazendo-a amar. Mas deveis também defendê-la, pois bem sabeis como a atacam em toda a parte."


Excerto do livro recomendadíssimo: "Formação da Donzela"
Pe. José Baetman


link para quem quiser fazer download do pdf do livro: 
https://1drv.ms/b/s!ApPTTnl552mzlWTVO9ReeB2TayFI



 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Suceda-vos o que sempre suceder, NÃO DESANIMEIS NUNCA!




"Não desanimeis nunca!"


Palavras de ouro! A quantas almas seria necessário dizê-la e torná-la a dizer!

São João Crisóstomo não se cansava de repetir: "Não desespereis! Dir-vo-lo-ie em todos os meus discursos, em cada uma das nossas entrevistas, e, se me escutardes, ficareis curados!... Tem a nossa salvação dois inimigos mortais: a presunção na inocência (antes de pecar) e a desesperação depois da queda; mas esta última é a mais terrível. "

Com efeito, "é pela esperança que nós somos salvos" (Rom, 8,24). (...) Quando a as almas se prendem firmemente a ela, atrai-as pouco a pouco as sublimes alturas e as subtrai aos vendavais da vida presente. 

Mas a alma que, vencida pelo desânimo, larga a âncora santa, cai logo e perece, submergida no abismo do mal."




Excerto do livro: "Arte de aproveitar-se das próprias faltas",
 Pe. Tissot.

 LEITURA MAIS DO QUE RECOMENDADA:





Força e ânimo! Viva Cristo Rei!



 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

terça-feira, 11 de julho de 2017

Escapulário Verde - Doação



Recebemos uma doação de escapulários verdes, se alguém desejar receber gratuitamente, por gentileza, entre em contato AQUI, pedimos apenas que colabore com o valor do frete.

*  *  *


SOBRE O ESCAPULÁRIO VERDE DE NOSSA SENHORA




"O Escapulário Verde de Nossa Senhora foi dado à irmã Justina Bisqueyburu, religiosa das Irmãs da Caridade de São Vicente de Paula.  

No dia 8 de setembro de 1840, a Mãe de Deus realizou uma aparição miraculosa diante da religiosa quando de sua oração diária: tinha na mão direita um coração em chamas e, na esquerda, um pequeno escapulário de tecido verde. Em um dos lados estava a imagem da Santíssima Virgem; no outro, um coração inflamado de raios mais brilhantes que o sol e transparentes como cristal, segundo as próprias descrições da vidente, o qual estava transpassado por uma espada. Ao redor, havia uma inscrição em forma ovalada, coroada por uma cruz dourada e que dizia o seguinte dístico: “Coração Imaculado de Maria, rogai por nós, agora e na hora da nossa morte”. Ao mesmo tempo uma voz interior lhe explicava o sentido: compreendeu que esta imagem devia contribuir para a conversão de muitas almas, particularmente no momento em que tudo pareceria perdido, para assegurar assim uma boa morte.


 A própria Mãe de Deus fez saber à irmã Justina que podia ser bento, com o sinal da Cruz, por qualquer sacerdote e depois qualquer pessoa o poderia distribuir. 

O portador pode levá-lo consigo dependurado no pescoço, junto a outros sacramentais, ou em objetos de uso cotidiano. 

No caso dos pecadores ou doentes que não o aceitam, se pode deixar o escapulário, ainda que eles não o saibam, na sua roupa, na sua cama ou no seu quarto. 

A única obrigação é de dizer uma vez por dia: “Coração Imaculado de Maria, rogai por nós, agora e na hora da nossa morte”. Se esta jaculatória não for dita pela pessoa que o traz, é necessário que alguém a diga por ela. 

 Sua eficácia santificadora e proteção aos portadores é bastante reconhecida pelos fiéis católicos, donde provém sua fama extraordinária. Muitas e extraordinárias conversões, mesmo de casos desesperados, estão unidas a esta devoção, mas estas graças são maiores ou menores conforme o grau de confiança que a acompanham, simbolizadas pelos raios desiguais que rodeavam o Coração."

Fonte: internet


***





VIVA CRISTO REI!



 
Visite nossos blogs associados:
+
Informe seu e-mail para receber as publicações de VIRTUDES FEMININAS: Delivered by FeedBurner.

sábado, 1 de julho de 2017

Tremei, mas tende esperança!




"A santa penitente Taís, dirigindo-se um dia a S. Pafúncio, lhe disse: "Meu Pai, que devo fazer? A recordação da minha vida miserável me espanta e assombra!" Ela havia sido uma grande pecadora e estava cheia de medo por causa dos pecados cometidos.

O bom Santo lhe respondeu: tremei, mas tende esperança!

Tremei com medo de vos tornardes soberba e orgulhosa;